Site of a Down - System of a Down Brasil, Scars on Broadway Brasil, Serj Tankian Solo, Daron Malakian, Shavo Odadjian, John Dolmayan

Bem-vindo a um dos maiores sites sobre System of a Down no planeta!
Notícias: 985     No ar desde: 29.06.2005     Online: Versão: 11

Shavo: 'o SOAD nunca se separou, apenas tiramos férias'

Postado em 27.07.12 | Categoria(s): System of a Down, Shavo Solo
Shavo Odadjian declarou a um blog canadense que o System Of A Down nunca se reuniu pelo simples fato de nunca ter realmente se separado:

Sobre como foi decidida a “reunião” de System of a Down:

Bom, não foi realmente uma reunião. Nós nunca dissemos que nos tínhamos separado; nós estávamos num hiato. Nós nem deveriamos ter dito nada [acerca de fazer uma pausa]. Existem inúmeras bandas que não lançam álbuns todos os anos. Existem inúmeras bandas que param por uns três, quatro ou cinco anos, mas não se referem a um “hiato”, então ninguém repara. Eles apenas antecipam a próxima gravação. Bom, nós mencionámos, nós dissemos, então pareceu como se estivéssemos nos separando, mas não foi isso. Nós só queriamos fazer algo diferente durante um tempo e depois nós voltariamos a tocar juntos e a andar juntos e a ser todos amigos de novo. E é isso, sério. Existem muitos equívocos. É por isso que eu fico cansado de todos os tweets e mensagens de “voltem-a-tocar-juntos” que recebo. Porque nós estamos juntos. Parem com isso. Nós só não estamos gravando um álbum de momento, só. Não quer dizer que nos separamos. Nós somos uma banda desde 1993. Eu penso que nós nunca nos separaremos. [risadas] O que quer que aconteça, nós sempre ficaremos juntos. Nós podemos ficar cinco anos sem fazer nada como banda e depois voltar e fazer alguns shows e talvez gravar um novo álbum, talvez não – quem sabe? Talvez gravar dez álbuns. Talvez andar em turnê durante cinco anos. Eu não sei. Eu só estou dizendo que nós somos bons amigos que estão numa banda juntos, e nós chegámos a um nível em que nós fazemos o que quisermos. E eu espero que todos entendam isso. Mas nós nunca nos separámos de verdade... Eu sou dos que mais “quer-ir-em-turnê” da banda. Na verdade, nós os três [Shavo, guitarrista Daron e baterista John] queremos bastante fazer mais turnês e fazer um monte de coisas. No entanto, Serj tem a agenda preenchida, o que é legal.”


Sobre as críticas feitas ao produtor da banda, Rick Rubin, por algumas bandas por este alegadamente não passar tempo suficiente com os artistas em estúdio e deixar os engenheiros fazendo o trabalho todo:

Quem quer que diga merda e diga coisas ruins sobre Rick Rubin precisa ajuda em estúdio, precisa alguém que esteja lá dizendo o que é pra fazer. Mas se uma banda é boa e eles já têm o material, tudo o que um produtor tem a fazer é puxar por eles ou incentivá-los ou dar-lhes algumas dicas de vez em quanto, tipo, “Faça isso aqui oito vezes, aquilo quatro vezes, dê um outro jeito nessa parte aqui” - não tem que escrever as músicas para a banda. Rick Rubin tem ouvido, então quando ele ouve uma tal parte, ele diz “Façam essa parte duas vezes.” Isso é ser um produtor – alguém que está ouvindo a música e fazendo com que fique melhor. É isso que um produtor faz – melhorar; ajudar a melhorar a música e a melhorar a banda. Não é escrever as músicas para a banda ou dizer tudo o que é para fazer. E Rick Rubin não fica dizendo tudo o que é pra fazer; por isso é que algumas pessoas não gostam dele. Pensam que um produtor tem que chegar e ser tipo, “Faça isso, faça aquilo.” Se você já tem as coisas feitas, então por que tem que vir alguém te falar o que é pra fazer? Esse é meu ponto de vista. Eu acho que ele é um ótimo produtor, pois ele não te diz o que fazer. Ele ouve as coisas e nós falamos sobre isso e tentamos várias ideias, claro – qualquer um de nós pode ter alguma ideia – e daí fazemos a experiência. E se resultar, ótimo; e se não resultar, então não fazemos. Ponto.


Sobre se voltariam a trabalhar com Rick Rubin para um futuro álbum de System of a Down:

Pessoalmente, com certeza, mas eu não posso te assegurar disso, porque não posso falar pelos outros membros. Mas, claro, eu voltaria. Não vejo porque não fazer isso. Ele produziu todos os nossos álbuns, sabe. Ele faz parte de toda a aventura da gravação de System of a Down. Ele sempre esteve lá, então ficariamos um pouco desconfortáveis sem o Rick por perto.


Dolmayan anteriormente falou para a Straight.com sobre o hiato de cinco anos da banda:
Eu, pessoalmente, não gosto de pausas – gosto de tocar continuamente. Mas foi legal parar um pouco e ser John Dolmayan, em oposição ao John do System, por algum tempo. Acho que todo mundo sente isso.


O baterista explicou que o desejo de sair um pouco do ativo e voltar a se ligar com as suas próprias vidas foi o que levou a banda a tirar essas férias mais compridas, de uns dos outros, dizendo
Quando você está na estrada e no estúdio ao mesmo tempo, é como se você viajasse à velocidade da luz. Quando você volta, parece que se passaram 20 anos e você está apenas uma ou duas horas mais velho. Você vive uma vida de nômade e você perde contato com as pessoas porque elas foram fazendo suas vidas. Pessoas envelhecem, casam, morrem – a vida continua.


Fonte: Blabbermouth - Tradução Mitu Djakarian
 
Postado por Vander Amorin

Comentários